Ligamos para Você
Nossa politica de privacidade e cookies Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência na navegação.
Você pode alterar suas configurações de cookies através do seu navegador.
Desc Imóveis
Desc Imóveis
Telefones para Contato

Busca de Imóveis

Selecione os critérios de busca nos campos abaixo e encontre seu imóvel dos sonhos

Alargamento da faixa de areia: próximos passos da revitalização da praia de Balneário Camboriú

Alargamento da faixa de areia: próximos passos da revitalização da praia de Balneário Camboriú
Publicado em 06/Mai/2022
Sem Categoria

 

É fato que Balneário Camboriú realiza constantes melhorias para a população, turistas e investidores, fazendo com que cada vez mais pessoas procurem uma imobiliária a fim de encontrar bons imóveis na região. Um dos principais exemplos é o alargamento da faixa de areia da Praia Central, que passou de 25 para 70 metros de largura ao longo dos quase 7 km de extensão. Essa obra trouxe muitos benefícios para a cidade, como a valorização dos imóveis, melhor qualidade de vida para moradores, boa experiência para turistas, assim como a proteção da orla contra as ressacas do mar. 

 

Contudo, o projeto não parou por aí. Isso porque, a Prefeitura Municipal já divulgou uma nova obra para a Praia Central, que terá como principal objetivo a reurbanização da orla. Portanto, se você quer saber mais sobre o assunto, não deixe de acompanhar o post de hoje até o fim. 

 

Entendendo o projeto

 

A associação sem fins lucrativos, Instituto + BC, composta por empresários de Balneário Camboriú e criada para contribuir com boas ações para a cidade, doou o projeto executivo do alargamento da faixa de areia, assim como o da revitalização da orla. Ele foi elaborado pelo escritório de arquitetura Índio da Costa, do Rio de Janeiro, apresentando o chamado Parque Linear, no evento de inauguração do alargamento da faixa de areia, sábado, dia 04 de dezembro. 

 

É importante deixar claro que a obra de ampliação da Praia Central foi apenas a primeira fase de todo o projeto que prevê transformar a região da Avenida Atlântica da cidade. Sendo assim, o intuito é que a reurbanização da orla se inicie já em 2022, trazendo, portanto, uma nova identidade para Balneário Camboriú e eliminando o calçadão comum de todas as praias. 

 

Um dos colaboradores do projeto, o designer Guto do escritório Índio da Costa informou que a calçada irá contar com diversas atrações e atividades para todos os públicos, incluindo dog parks, playgrounds infantis, academia ao ar livre, etc. O intuito é realmente transformar a cidade com as melhorias na orla da Praia Central, criando um parque linear que liga o Pontal Norte e a Barra Sul. 

 

Melhorias na orla da Praia Central

 

Um dos pontos interessantes destacados pelo designer responsável é que a calçada da Avenida Atlântica irá se tornar um grande calçadão, enquanto a ciclofaixa será uma “faixa de micromobilidade”. Mas, além disso, ainda terá uma nova faixa específica para corrida, sendo que no calçadão haverá um espaço somente para pedestres.

 

Não podemos deixar de lembrar ainda que no projeto existem três tipos de quiosques. Os maiores ficaram próximos da areia, sendo que os menores estarão dispostos por todo o calçadão. Já os carrinhos, serão utilizados de forma eventual, ou seja, em finais de semana e feriados, em que a praia costuma ficar mais cheia. 

Também é importante lembrar que a iluminação da Avenida Atlântica foi questionada, visto que com o alargamento da faixa de areia, a Praia Central ficou com uma boa parte escura. Contudo, o escritório também apresentou uma solução voltada para esses questionamentos, que foi elaborada pela light designer Mônica Lobo. O objetivo é criar um cenário noturno para a orla, levando em consideração as questões técnicas, mas sem deixar de lado o bem-estar e conforto dos turistas e moradores.

 

Não podemos deixar de destacar que a Prefeitura Municipal sempre debateu e discutiu a questão ambiental e o projeto traz para a orla a replantação de restinga. Inclusive, além da manutenção das árvores que já existem hoje em dia, também será plantada cerca de três vezes mais vegetação, isso sem prejudicar a faixa de restinga. A estimativa de custo para o plantio, reposição da vegetação, cercamento e manutenção é de aproximadamente R$1.505.192,81. Atualmente não há restinga na Praia Central, visto que foi sendo perdida com o avanço da ocupação na área. Mas, a boa notícia é que já existe uma empresa vencedora da licitação para esse trabalho específico, agilizando ainda mais o processo e melhorias para o meio ambiente. 

 

Por fim, ainda que não tenha sido divulgado nenhum prazo, visto que o projeto e o processo licitatório dos trabalhos precisam ser finalizados, o intuito é que as obras se iniciem no próximo ano. 

 

Então, como você viu, o projeto de revitalização da orla da Praia Central está sendo elaborado por especialistas no assunto, trazendo soluções importantes para o dia a dia dos moradores e experiência dos turistas. Sendo assim, não podemos deixar de destacar que a Prefeitura vem investindo em melhorias constantes para todos, trazendo benefícios para todas as áreas, seja de bem-estar, qualidade de vida ou econômica. Por isso, optar por investir ou morar em Balneário Camboriú é garantia de lucratividade em todos os âmbitos. Por fim, ainda vale destacar que a tendência é que os imóveis se valorizem ainda mais com essa nova obra, visto que irá contribuir positivamente para a experiência de todos os usuários. 



 

Desc Imóveis. Sua imobiliária em Balneário Camboriú!